top of page
abertura 2.png

bororé bairro-educador

a ilha do bororé é um bairro localizado no extremo sul da cidade de são paulo, brasil, às margens da represa billings. dentre as muitas camadas que compõem esse território, as dinâmicas educativas mostraram-se uma camada singular. desde as atividades propostas pela escola estadual adrião bernardes, que se apresenta como “escola-aberta”, até as vivências agroecológicas propostas pelo coletivo de arte-educação ambiental “casa ecoativa”, aos grafites que contam a história do bairro realizados pelo coletivo "imargem”, às aulas de barco à vela do coletivo “meninos da billings”, as dinâmicas desse território mostram que a educação não cabe apenas à escola.
foi a partir desse território que desenvolveram-se o projeto “memorial bororé”, com gemap (grupo de mapografias da fau-usp) e o tfg “às margens da educação”, do qual emergiu a leitura daquele território educativo a partir de três elementos: a escola, a rua, a praça. essa pesquisa iniciou um projeto participativo com a comunidade, a fim de consolidar a reforma de uma praça e da calçada da principal via.

etapas realizadas do projeto da praça:
1. reuniões organizativas com a comunidade
2. estudo de viabilidade
3. mutirão 1  - limpeza e ativação (construção de horta e campo de futebol)
4. reunião e mutirão 2 - estudo de projeto em maquete e in loco
5. projeto preliminar

o projeto visa propor, pela intervenção urbana, elementos que possam potencializar ainda mais as relações que constituem o bororé como um bairro educador.

parceria com casa ecoativa, amib (associação de moradores do bororé), e escola estadual adrião bernardes

participação no projeto - organização de oficinas, reuniões com a comunidade, concepção e execução dos desenhos, modelos e pós-produção.

 

projeto selecionado para compor plataforma "primeira infância em cidades do brasil e da américa latina" do instituto de arquitetos do brasil (IAB) e a fundação bernard van leer (FBvL), em parceria com a federação panamericana de associações de Arquitetos (FPAA), a agrupación arquitectura y niñez de américa (ANDA) e o programa architecture & children da união internacional de arquitetos (UIA)

para acessar plataforma:

são paulo, brasil                     arquitetura                  em andamento

bottom of page