top of page
AB.png

o urbanismo de exposição jorge wilheim (sesc)

em sesc consolação                                são paulo, brasil                                     ação                  2019

como trazer a discussão de arquitetura e urbanismo para o público não-especializado? 

essa questão se estabeleceu como central ao longo do programa educativo da exposição “conversas na praça: o urbanismo de jorge wilheim”, que ocorreu no sesc consolação entre os meses de setembro de dezembro de 2019. 

o programa educativo, coordenado pelo grupo zebra5, propôs dispositivos que dialogassem com noções relativas a espaço, arquitetura, cidade e suas dinâmicas para um público diverso, de diferentes idades, frequentador do Sesc.

dentre os dispositivos criados, em dois, tive participação direta na concepção - o “fórum” e o “mistérios na praça”.

o fórum buscou trazer a essência da praça pública como espaço de ação política. para tanto, nas visitas de escolares, foram propostas discussões onde algum conflito urbano era assunto e os grupos se colocavam em defesa de diferentes posições, como o conflito ocupações por moradia / propriedades privadas vazias, rua para pedestres / ruas para carros. as discussões se encaminharam evidenciando o conflito e posteriormente a dificuldade de concordância em um projeto único - dificuldade presente muitas vezes na ação do arquiteto-urbanista.

a atividades “mistérios na praça” foi pensada para crianças. a princípio, o objetivo era que encontrassem na praça, a partir de uma planta arquitetônica, elementos que guiavam a curiosidade para descobrirem a obra do autor, uma reinvenção do “caça ao tesouro”.

coordenação: zebra5

supervisão: arthur amador

em sesc são paulo - unidade consolação

bottom of page